GTEHC – Grupo de Teatro Espírita Humberto Cavalcante

Em abril de 2003 surgia o Grupo de Teatro Espírita Humberto Cavalvante (GTEHC) em homenagem ao ex-presidente do Centro Espírita Humildade e Amor (CEHA). A idéia que se iniciava na mocidade do centro espírita (MEGD) fora concretizada por 6 amigos: Daniel Guimarães, Laura Maria, Liezio Manoel, Lígia Almeida, Martha Xavier e Thiago Vinha com a proposta de unir a paixão pela arte e o desejo de divulgar a Doutrina Espírita.

Com o objetivo inicial de montar algumas esquetes para serem apresentadas em reuniões púbicas, o grupo iniciava-se filiado ao CEHA como mais um trabalho voltado à arte espírita, a exemplo do Grupo Vocal e Instrumental Ernani Macedo (GVIEM). Após algumas reuniões onde se conversava a respeito de ensaios e idéias para o futuro, um grande amigo e ex-integrante da MEGD, Carlos Henrique ou simplesmente Caíque, oferecia uma peça que falava sobre o codificador da Doutrina Espírita.

Link: http://teatroespirita.com/

Sexo e Destino

“Que efeito terão para o espírito imortal em sua vida futura, em seu destino, suas experiências sexuais e sua conduta, quando encarnado?”
Peça baseada na obra de André Luiz, psicografia de Chico Xavier e Waldo Vieira , relata um drama real vivenciado por duas famílias: Torres e Nogueira, na cidade do Rio de Janeiro, na década de 1950.
Poligamia, divórcios, inibições físicas e crimes sexuais são algumas das ações que entrelaçam os personagens numa grande teia de ação e reação, construída a partir de acontecimentos reais.
Sexo e destino, amor e consciência, liberdade e compromisso, culpa e resgate, lar e reencarnação, constituem temas desta trama, nascida na forja da realidade cotidiana.
Pin It